Sul de Minas
CONHEÇA A REGIÃO DO EXTREMO SUL DE MINAS

Cambuí integra o Circuito Serras Verdes do Sul de Minas juntamente com diversas outras da região, que possui altitude média de 1.200m, é famosa pelo clima ameno, considerado o segundo melhor do país, e pelas belas paisagens. O inverno é frio e o verão muito agradável. Marcada pelas serras, cascatas, picos e pedras que formam lugares inesquecíveis, a região ainda é cercada por araucárias, ciprestes e Mata Atlântica que abrigam uma fauna e flora exuberantes. Saiba mais sobre o clima de Cambuí.

Cambuí é ainda um ponto estratégico dentro do Circuito, devido sua localização às margens da Rodovia Fernão Dias (BR-381) e também por estar na parte central do Circuito, ela fica rodeada pelas outras cidades, sendo um ponto de acesso e partida para outras cidades e seus atrativos. Próximas de Cambuí estão as cidades de Bom Repouso, Córrego do Bom Jesus, Consolação, Gonçalves, Estiva, Extrema, Itapeva, Senador Amaral, Pouso Alegre, Paraisópolis, Tocos do Moji, Camanducaia e o distrito de Monte Verde, que formam um belíssimo complexo de belezas naturais.


CÓRREGO DO BOM JESUS

Córrego do Bom Jesus

Fundado entre 1865 e 1880 como povoado, foi construída sua capela em homenagem ao Senhor Bom Jesus em 1873, cuja imagem foi esculpida e trazida de Portugal. Em 1889 o povoado foi elevado a distrito e, em 1953, foi elevado à categoria de cidade.

Com uma paisagem admirável, a cidade possui cachoeiras e montanhas muito procuradas pelos praticantes de esportes radicais e de aventura.

A festa em homenagem ao Padroeiro da cidade que ocorre no final de julho e início de agosto é a mais importante, atraindo milhares de visitantes e fiéis.



CONSOLAÇÃO

Consolação

O município foi criado em 30 de dezembro de 1962 e hoje tem como principais atrações a Festa da Padroeira, a Festa Junina e o aniversário da cidade, com desfiles de cavaleiros, gincanas e competições esportivas.

Consolação tem ainda muitas belezas naturais com resquícios de floresta e cachoeiras selvagens ainda a serem descobertas dentro da mata fechada.



GONÇALVES

Gonçalves

O povoado que deu origem à cidade surgiu em 1878, que foi elevado à categoria de cidade em 30 de dezembro de 1962.

A cidade conta com belezas naturais exuberantes, com muitas cachoeiras de águas cristalinas, pedras e montanhas belíssimas, além da fauna e flora silvestre que transformou a cidade em área de proteção ambiental. O turismo vem crescendo muito no local que é procurado principalmente por amantes da natureza e praticantes de esportes de aventura.



ESTIVA

Estiva

O povoamento da região data de 1757 e só em 1858 foi elevado a distrito. Com a criação da paróquia, em 1870 o distrito passa a ser denominado Nossa Senhora da Estiva. Em 1923, com a elevação à categoria de cidade, o município tem seu nome reduzido para Estiva.

A cidade festeja seu aniversário no mês de dezembro e promove ainda a Festa do Morango, do Peão e a da Padroeira, Nossa Senhora Aparecida. É cercada por lindas montanhas, com destaque para o Pico do Carapuça, que se ergue imponente sobre a cidade.



ITAPEVA

Itapeva

Emancipado em 1° de Março de 1963, Itapeva, que antes era denominada "Vila Itapeva" desde 1948, e era um distrito de Camanducaia, tornou-se politicamente independente.

O nome da cidade vem do tupi-guarani e significa literalmente "Pedra Chata", nome também do principal atrativo que fica a 5 km da cidade, que possui também belas cachoeiras entre suas belezas naturais.



BOM REPOUSO

Bom Repouso

Em 1880 foi criado o distrito do Bom Retiro. Em 1953 foi elevado à categoria de cidade, já com a denominação de Bom Repouso.

A principal festa da cidade é a dos padroeiros São Sebastião e São Roque, com leilões, shows e outras atrações. Possui também a segunda maior imagem de Nossa Senhora das Graças do Brasil medindo 20 metros de altura, atraindo visitantes e fiéis. A cidade tem clima invejável, com altitude média de 1370 m do nível do mar e muitas belezas naturais como montanhas e cachoeiras, atraindo também amantes da natureza e praticantes de esportes de aventura.



SENADOR AMARAL

Senador Amaral

O lugarejo denominado São Sebastião dos Campos da Lagoa foi elevado a distrito em 1948, já com o nome de Senador Amaral. Em abril 1992 adquiriu sua independência político-administrativa de Cambuí, sendo elevada a cidade.

Senador Amaral é a cidade com a sede mais alta de Minas Gerais e a segunda mais alta do Brasil, perdendo somente para a cidade de Campos do Jordão, no estado de São Paulo. Situada a 1505 metros de altitude do nível do mar, possui um dos climas mais frios do país. A cidade possui inúmeras cachoeiras, inclusive uma na área central, próxima à prefeitura. Oferece ainda prazerosos passeios ecológicos.



CAMANDUCAIA

Camanducaia

Já no séc XIII se tem registro do povoamento da região por bandeirantes em busca de ouro e em 1766 já havia a Capela de Nossa Senhora da Conceição. Em 1833 os moradores do arraial de Camanducaia, reunidos na Praça da Matriz para festejar a independência nacional, resolveram fazer sua própria independência, e a freguesia proclamada vila, que em 1840 recebeu o nome de Jaguary, e abrangia todo o extremo Sul de Minas. Em 1868 foi elevada à categoria de cidade e só em 1930 voltou a possuir a denominação original de Camanducaia.

Camanducaia possui muitas atrações turísticas, como grutas e cachoeiras, mas a grande atração da cidade mesmo é a bela estação climática de Monte Verde, distrito do município, com uma excelente infra-estrutura turística onde se destacam a rede hoteleira e a gastronomia. O distrito, além de atrair muitos casais apaixonados, atrai ainda aventureiros e praticantes de esportes de aventura por suas belíssimas paisagens repletas de atrativos naturais como montanhas, picos, trilhas e corredeiras.



EXTREMA

cambui

Extrema, antigo distrito de Jaguary (Camanducaia) criado em 1871/1891 com a denominação de Santa Rita da Extrema, tornou-se vila em 1901. A partir de 1915 passou a ser denominada apenas Extrema, e recebeu status de cidade em 1925.

Conhecida como "Portal de Minas" por ser a porta de entrada do Estado de Minas Gerais, Extrema possui um agradável clima de montanha, com várias opções de passeios, tendo a Serra do Lopo com principal atrativo turístico, atraindo amantes da natureza e praticantes de esportes de aventura.



PARAISÓPOLIS

cambui

Inicialmente povoda por bandeirantes que se estabeleceram na região, originou o povoado denominado Campo de Lima. Em 1827 é construída a Capela de São José e a instalação da Freguesia de São José das Formigas, como passa a se chamar o povoado. O território pertenceu a Pouso Alegre, do qual se desmembrou em 1872, elevado a categoria de Vila. Em 1874 foi elevada a cidade com a denominação de São José do Paraíso, que somente em 15 de novembro de 1914 passou a se chamar Paraisópolis.

Paraisópolis possui muitos atrativos turísticos e belezas naturais, atraindo muitos turistas amantes da natureza e praticantes de esportes de aventura. O maior atrativo é o Pico do Machadão e a reserva natural do Parque do Brejo Grande, nele situado, que possui o lago artificial mais alto do país.



TOCOS DO MOJI

cambui

Os primeiros colonizadores chegaram por volta de 1870 e se instalaram às margens do Rio Moji Guaçu. O Distrito foi criado sob a denominação de Tocos do Mogi em 1938, subordinado ao município de Borda da Mata. Sua emancipação veio em 29 de dezembro de 1995, sendo instalado o município em 01 de janeiro de 1997 sob o nome de Tocos do Moji.

Tocos do Moji possui inúmeras belezas naturais, entre montanhas, maciços de pedra, vistas panorâmcias e belíssimas cachoeiras.



POUSO ALEGRE

Pouso Alegre

O primeiro marco de povoação em terras de Pouso Alegre, antigo Arraial de Bom Jesus de Matozinhos do Mandu, teria sido lançado no século XVIII. Com a prosperidade do local e crescimento da população, foi construída a Capela de Bom Jesus de Matozinhos, concluída em 1802. Em 1810 o povoado foi elevado à categoria de frequesia, sob o nome de Frequesia do Senhor Bom Jesus de Pouso Alegre. Em 1831 a Freguesia foi elevada à categoria de vila com denominação de Pouso Alegre e à condição de cidade de Pouso Alegre em 19 de outubro de 1848.

Pouso Alegre é hoje um dos pólos de desenvolvimento mais promissores do Sul de Minas, referência em setores da economia como indústria, comércio e serviços. Aliada também pela sua boa infra-estrutura e qualidade de vida, atrai inúmeros visitantes e ainda os que acabam adotando a cidade para morar em busca das oportunidades oferecidas.