História
PRINCIPAIS FATOS HISTÓRICOS DE CAMBUÍ

cambui

Já encontravam-se referências datadas de 1787 a 1789 aos bairros do Rio do Peixe, São Domingos, Roseta e Três Irmãos, todos povoados. Cambuy é o nome que aparece, pela primeira vez em 13 de Dezembro de 1789, num registro de batizado referente a moradores desse bairro que levaram uma criança a batismo na Matriz de Camanducaia, a que pertencia toda essa região.

Continuou sempre sob jurisdição paroquial de Camanducaia, mesmo depois da criação da paroquia de P. Alegre, pois as linhas divisórias das duas paróquias foram traçadas ao norte da atual Cambuí.

Intensifica-se tanto o povoamento da região que em 1813 já havia um cemitério no bairro da Roseta. Outros moradores, porém, tomaram a iniciativa de erigir uma capela na paragem do Cambuí. Esse movimento foi chefiado pelo Capitão Francisco Soares de Figueiredo, reconhecido como principal fundador de Cambuí. Tomadas todas as providências de legalização canônica, dão-se início aos primeiros dias da Capela de Nossa Senhora do Carmo de Cambuí, filial da Matriz de Camanducaia.

Por localizar-se num monte de difícil acesso aos párocos, principalmente em dias chuvosos e pelo estado já danificado da Capela, foi dirida à Cúria de São Paulo um memorial assinado pelos moradores solicitando a transferência da Capela para um local plano e mais espaçoso, permitindo não só uma melhor localização para a Capela como também para a acomodação da crescente população. A licença foi concedida e em 23 de setembro de 1834 foi passada a provisão para a mudança da Capela.

Fez-se então a mudança da igreja e de todos os habitantes de Cambuí para o novo local, contribuindo assim para um rápido desenvolvimento do lugar. Antes mesmo de se completar a transferência da população, a Capela foi elevada a Curato, ficando assim independente da Matriz de Camanducaia. O antigo local ficou conhecido daí em diante como Cambuí Velho.

De Abril de 1835 em diante já funcionava a Capela sob a denominação de Curato de Nossa Senhora do Carmo de Cambuí. Contudo, os registros paroquiais continuaram sendo feitos em Camanducaia.

Cambuí foi elevada a freguesia em 1º de junho de 1850, ficando a Paróquia, desde então, completamente independente da Matriz de Camanducaia. Por Provisão de 23 de Outubro de 1867 foi autorizada pelo Bispo de S.Paulo a transferência do cemitério e a benção do mesmo.

Em 27 de junho de 1889, Cambuí foi elevada a Vila e criado o município, conseguindo assim a independência administrativa. Em 24 de Maio de 1892, foi elevada a Cidade.


Fonte Biográfica: 
A DIOCESE DE POUSO ALEGRE no Ano Jubilar de 1950.