A Cidade
CAMBUÍ, O PEDAÇO MAIS FELIZ DO SUL DE MINAS

cambui

Situada no extremo Sul de Minas, Cambuí surgiu com as incursões dos bandeirantes paulistas que atravessavam a Serra da Mantiqueira em busca de pedras preciosas. O local servia de ponto de parada onde, aos poucos, foram estabelecendo ranchos e, posteriormente, fazendas ao longo do atual território do município.

Já no início do Século XIX foi construida a primeira capela no local conhecido hoje como Cambuí Velho. Visando um melhor acesso ao local e também a acomodação da crescente população, a capela foi transferida para onde hoje está localizada a atual Igreja Matriz e estabelecido ali o novo centro da cidade, contribuindo para um rápido crescimento do município. Cambuí foi emancipado em 24 de maio de 1892. Saiba mais sobre a história de Cambuí.

Localizada na região serrana da Mantiqueira, paralelo 22° 6'40" latitude sul e meridiano 46°03'27" longitude oeste, às margens da Rodovia Fernão Dias (BR 356), possui uma altitude máxima de 2050m no maciço do Cruzeiro e mínima de 680m, sendo o centro localizado a 860m. De topografia montanhosa e clima agradável, tropical de altitude, distante 150 km de São Paulo e 420 km de Belo Horizonte, sua economia é baseada principalmente na agricultura e no comércio, contando ainda com um crescente aumento de investimentos na área industrial, impulsionados pela Rodovia Fernão Dias.

Embora localizada em uma região serrana e de difícil acesso até 1930, quando foi criada a primeira estrada, Cambuí sempre teve uma vida cultural rica e intensa, seja no teatro, na poesia, na música ou nas artes plásticas, abrigando diversos artistas, artesãos, grupos de teatro e bandas de música ao longo de sua existência. A cidade possui também um cinema desde meados do século XX. Conheça os principais artistas locais de Cambuí.

Na gastronomia, Cambuí é conhecida pelo famoso doce de leite fabricado tanto artesanalmente quanto industrialmente e pelo virado de banana, iguaria local preparada com banana, farinha de milho e queijo e que foi tombada como patrimônio histórico da cidade, além da rica comida típica mineira. Saiba mais sobre o virado de banana e a gastronomia de Cambuí.

A cidade possui ainda diversas belezas naturais. O Morro do Cruzeiro é o principal ponto turístico, constituindo um mirante natural com vista panorâmica da cidade, além de servir como rampa de parapente e local para prática de escalada e rapel, além de abrigar diversar trilhas para caminhadas e mountain bike. Possui ainda diversas cachoeiras, como a da Meia Légua, dos Fonsecas, da Usina e Andorinhão, e a Pedra da Onça, localizada na divisa com Bom Repouso. Saiba mais sobre as belezas naturais de Cambuí.

Cambuí é ainda, o ponto central do Circuito Serras Verdes do Sul de Minas, servindo de parada e ponto de partida para diversas outras cidades, como Córrego do Bom Jesus, Paraisópolis, Bom Repouso, Gonçalves, Bueno Brandão, Estiva, Monte Verde e Extrema. Saiba mais sobre a região e o circuito Serras Verdes.

Conhecida como o pedaço mais feliz do Sul de Minas, Cambuí, apesar des suas diversas belezas, tem como maior atrativo a sua própria população, feliz e hospitaleira, recebendo sempre com simpatia turistas e visitantes em busca paz, tranquilidade e do agradável clima da região. A cidade tem ainda diversas festas como o famoso Carnaval, a Festa do Peão de Boiadeiro, o Festival de Inverno e festas religiosas como a da padroeira da cidade, Nossa Senhora do Carmo. Conheça o calendário festivo de Cambuí.



BANDEIRA E BRASÃO

Bandeira de Cambuí

Brasão de Cambuí